wsl 2017 Com ondas fracas, organização adia começo do Mundial em Gold Coast


Com ondas fracas, organização adia começo do Mundial em Gold Coast

Apesar da expectativa, WSL dá dia de folga para surfistas; nova chamada nesta terça

Com ondas fracas, organização adia começo do Mundial em Gold Coast

View image on Twitter

Kelly Slater, Mick Fanning, Joel Parkinson, Gabriel Medina, Adriano de Souza (2015) e John John Florence. Seis campeões mundiais e 18 títulos fazem do Circuito Mundial de 2017 um dos mais fortes de todos os tempos. A temporada ainda conta com sete estreantes de peso trazem a promessa de um surfe competitivo e de alto nível ao longo da volta ao mundo em 11 etapas. A estreia dos tops da elite será nas direitas de Snapper Rocks, na Gold Coast australiana, de 14 a 25 de março. A primeira fase promete ser uma pedreira, com duelos entre brasileiros Medina e Wiggolly Dantas, e um reencontro de Slater e Fanning. Em momentos distintos em suas carreiras, os atletas trabalharam duro na pré-temporada e chegam renovados para a abertura.

Os campeões mundiais vivem momentos distintos no Tour. Dono de recordes e 18 títulos, Slater declarou abertamente competir uma temporada completa pela última vez em 2017 e não medirá esforços para brigar pelo 12º título no “Circuito dos Sonhos”. Mick Fanning também volta a competir com força total, após um ano quase sabático, no qual viajou o mundo, surfou sob as luzes da Aurora Boreal, fez expedições para o Alasca, Irlanda, Califórnia, Tasmânia e picos secretos. O australiano tricampeão mundial viveu uma provação em 2015. Escapou ileso de um ataque de tubarão em J-Bay, se separou da mulher e precisou lidar com a morte do irmão antes de competir em Pipeline. Teve o descanso merecido e retorna com as baterias recarregadas rumo ao tetra.

Confira as baterias da 1ª fase na Gold Coast:

1: Michel Bourez (TAH), Conner Coffin (EUA), Jadson Andre (BRA)

2: Matt Wilkinson (AUS), Stuart Kennedy (AUS), Ian Gouveia (BRA)

3: Kolohe Andino (EUA), Kanoa Igarashi (EUA), Jack Freestone (AUS)

4: Gabriel Medina (BRA), Wiggolly Dantas (BRA), Ezekiel Lau (HAV)

5: Jordy Smith (AFS), Miguel Pupo (BRA), Nat Young (EUA)

6: John John Florence (HAV), Connor O’Leary (AUS), Mikey Wright (AUS)

7: Kelly Slater (EUA), Mick Fanning (AUS), Jeremy Flores (FRA)

8: Julian Wilson (AUS), Caio Ibelli (BRA), Leonardo Fioravanti (ITA)

9: Joel Parkinson (AUS), Italo Ferreira (BRA), Joan Duru (FRA)

10: Filipe Toledo (BRA), Adrian Buchan (AUS), Frederico Morais (PRT)

11: Adriano de Souza (BRA), Josh Kerr (AUS), Bede Durbidge (AUS)

12: Sebastian Zietz (HAV), Owen Wright (AUS), Ethan Ewing (AUS)

Por GloboEsporte.com, Queensland, Austrália