Slater reclama de interferência de Medina nas quartas; juízes não bancam


Slater reclama de interferência de Medina nas quartas; juízes não bancam

Americano diz que brasileiro o atrapalhou na primeira onda da bateria: “Acho que ele (Gabriel) não percebeu, mas definitivamente bloqueou a minha saída”

Slater reclama de interferência de Medina nas quartas; juízes não bancam

Após a derrota apertada nas quartas de final para Gabriel Medina, Kelly Slater reclamou de uma possível interferência do brasileiro logo no início da bateria. Ainda sem a prioridade, Kelly remou para uma onda que parecia ter boa formação para entubar. Um pouco mais à esquerda da onda, Gabriel puxou a prancha para deixar o caminho livre para o americano. Nesse momento, a seção que estava mais à frente do americano desmoronou e ele não conseguiu sair do tubo. Em entrevista à revista especializada Stab Magazine, Kelly explicou sua reclamação.

– Achei estranho porque parecia que a onda ia abrir. Quando vi no vídeo, ficou bastante claro. Não acho que ele fez de propósito também. Acho que ele não percebeu, mas definitivamente bloqueou a minha saída.

Kelly Slater tenta um tubo na primeira onda da bateria contra Medina

Slater disse que após a bateria foi até o palanque dos juízes cobrar uma posição sobre o caso.

– Normalmente, deve ser considerado uma interferência. Se eu tivesse prioridade, teria sido 100% pois ele interferiu na minha onda. Disseram que a partir dos ângulos da câmera eles não poderiam determinar 100% se isso me impediu de sair do tubo – encerrou.

Surfistam aguardaram as últimas notas juntos no palanque

Medina teve uma boa leitura das direitas de Snapper Rocks e não se desesperou quando o americano assumiu a liderança a 10 minutos para o fim. A 1min25s para o fim, Medina encontrou uma sessão lisa para espancar a parede com manobras fortes e ganhar um 9.17, chegando a 14.34 no momento decisivo. Slater pegou outra logo atrás, no entanto, não tinha grande potencial. Conseguiu só 7.50, alcançando 13.83, o que não foi suficiente. Medina lidera o retrospecto contra Slater por 6 a 2.

Medina e Slater aguardam as notas da bateria de quartas de final (Foto: WSL / Cestari)

Medina e Slater aguardam as notas da bateria de quartas de final (Foto: WSL / Cestari)

A segunda etapa do Tour será em Margaret River, de 29 de março a 9 de abril. A terceira e última etapa da perna australiana será em Bells Beach, entre 12 e 24 de abril. A quarta parada do “Circuito dos Sonhos” será em Saquarema (RJ), com janela aberta de 9 a 20 de maio.

Por Globoesporte.com, Gold Coast, Austrália